A Visão Além do Alcance e o Planejamento de Custos

Eu adotei esta expressão tendo por inspiração uma frase que um amigo, dono de uma empresa de TI, utiliza como slogan do seu negócio:“Sua Empresa como Você Nunca Viu”. Gostei tanto desta frase, que pedi a sua permissão para adotá-la em minhas atividades acadêmicas e profissionais. Porém, ao longo do tempo percebi que para ver um negócio sob uma perspectiva diferente é necessário algo mais, que, aplicando uma licença poética, defini como “Visão Além do Alcance” e o Planejamento de Custos.

Mais do que um conceito ou uma ideia, a Visão Além do Alcance é uma provocação que gosto de fazer aos alunos, profissionais e donos de negócio com os quais tenho a oportunidade de trocar ideias, de que a compreensão, de fato, do desempenho econômico e financeiro de um negócio vai muito além do que as Demonstrações Financeiras, em seus formatos tradicionais, podem oferecer.

Antecipar eventuais necessidades

enxergar além

Primeiramente, a diferença está na arte de projetar o desempenho econômico e financeiro futuro de um negócio. Desenvolver a capacidade de mensurar de forma antecipada o impacto econômico e financeiro de diferentes possibilidades de decisões,. é o que permite antecipar eventuais necessidades adicionais de recursos, sejam eles físicos ou financeiros.

Posteriormente, conhecer a Necessidade de Capital de Giro com antecedência: por exemplo, pode ser um excelente instrumento para acesso a recursos menos onerosos. Assim você conseguirá analisar o resultado do negócio com antecedência e essa análise se tornará um forte aliado para os donos de negócio.

A habilidade (ou arte) de construir uma visão que permita antecipar uma leitura dos impactos econômico-financeiros em função de decisões que precisam ser tomadas, pode ser a diferença entre o sucesso e o fracasso de um empreendimento, especialmente em momentos como o atual.

Importância do Planejamento

Pesquisa recente aponta a ausência de um Plano de Negócio e de um Orçamento Básico como os fatores que mais geram dificuldades na gestão de pequenas e médias empresas.

Dentre as diferentes áreas de domínio que um dono de negócio deve desenvolver, destaco a relevância de dar ênfase aos aspectos relacionados a perspectiva futura, como: O que espero do meu negócio? Para onde desejo ir com o meu negócio? O que preciso fazer para atingir meu objetivo? Quais serão os recursos necessários para por estes objetivos em prática? Qual modelo de gestão devo adotar para assegurar a execução do meu plano?

Para onde vamos, como iremos, quais serão os recursos e o modelo de gestão?

Considerando que recursos, financeiros ou não, são consumidos para a realização de atividades, aplicar a ideia de Visão Além do Alcance significa colocar este consumo de recursos sob uma perspectiva futura, ou seja:

Quais recursos serão necessários para que seja possível colocar em prática o Plano Estratégico, Tático e Operacional do negócio?

Sem um Planejamento Básico não há como desenvolver a Visão Além do Alcance.

Planejamento de Custos

Inegavelmente, elaborar orçamentos exige que as empresas façam previsões de todas as receitas e gastos necessários à realização das atividades da operação em determinado período de tempo, normalmente 12 meses.

Falhar em planejar, ou não planejar, pode levar um negócio ao desastre financeiro.

Gestores e donos de negócio, sejam pequenos, médios ou grandes, precisam conhecer sua capacidade de recursos e estabelecer um plano que detalhe a utilização destes recursos.

O processo orçamentário é indispensável para a administração de qualquer empresa, seja qual for seu tamanho ou sua natureza. As empresas têm no orçamento um importante instrumento para traduzir, implementar, estimular, motivar e controlar suas estratégias e operações.

As estimativas a serem adotadas devem reunir os objetivos empresariais com o objetivo de desdobramento do plano, seu acompanhamento e o controle de resultados.

Portanto, é importante ressaltar que o plano orçamentário não se resume a estimar o que irá acontecer e o seu posterior controle.

O ponto fundamental está no processo de estabelecer e coordenar objetivos para todas as áreas da empresa,. buscando que todos trabalhem de forma sinérgica em busca dos planos previamente estabelecidos, assegurando que os recursos, muitas vezes escassos, sejam alocados de forma a gerar o melhor desempenho financeiro.

Um bom Planejamento de Custos

Deste modo, um bom planejamento de custos consiste em estabelecer padrões de consumo baseados em um planejamento de atividades previamente estabelecidas. Além disso, receber feedback sobre o desempenho real e tomar ações corretivas quando houver desvios significativos entre o que foi planejado e o efetivamente realizado.

Planejar custos, como instrumento de apoio estratégico e operacional, deve ser utilizado para comparação entre o resultado previsto e o realizado guiando as ações para o rumo correto, quando necessário, adequando o consumo de recursos à realização das atividades planejadas.

Para tanto, é importante observar que todo o custo, dentro de uma empresa, instituição, processo ou atividade, observa um comportamento definido diante de uma base de volume (nível de atividade).

Deste modo, os termos FIXO e VARIÁVEL são geralmente usados para descrever como um custo reage as mudanças no nível de atividade.

custos fixos Vs. Custos variáveis

Portanto, observe atentamente os custos do seu negócio e busque colocá-los sob uma perspectiva futura. Busque sempre ter como referência o seu comportamento em relação ao nível de atividade. Assim, um passo importante para a obtenção do domínio financeiro do negócio está na compreensão. de quais custos são Fixos e quais são Variáveis e como eles devem ser adequados ao momento da empresa.

Inclusive, caso queira entender mais sobre orçamentos e planejamento, você também poderá acessar o nosso material sobre Beyond Budget.

Planejar custos de forma adequada permite uma melhor compreensão de como os recursos de uma empresa são consumidos. Seja na realização de atividades e como podem contribuir ou não para melhorar o desempenho econômico e financeiro de um negócio.

Artigo Escrito por:

Ricardo Leal

Professor em cursos de Especialização e MBA ministrando disciplinas de Gestão de Custos e Planejamento Financeiro / Orçamento.
Gestor da Controladoria do Hospital Moinhos de Vento.

Siga a Evermonte nas redes sociais para ficar por dentro das novidades.

Instagram | Facebook | Twitter | LinkedIn

www.evermonte.com

1 comentário em “A Visão Além do Alcance e o Planejamento de Custos

  1. Elton Xavier da Silva Responder

    No momento atual e sempre planejamento e visão futura inclusive lateral e para frente devem fazer parte da estratégia de sustentação de qualquer negócio. Excelente texto, muito obrigado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *